Novidades?
Home / Blog / Psicologia / O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO

- O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO

O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO

As ciências sociais são dedicadas à compreensão da condição humana, de preferência, na medida em que os comportamentos singulares e coletivas dos seres humanos pode ser entendida e até mesmo previsível. Embora seus objetivos sejam idênticos em termos abstratos, essas ciências diferentes em termos de sua maneira de olhar as coisas, as questões que pedem, os métodos que utilizam para resolver estas questões.

Diante disto, o presente estudo se justifica por apresentar o discussão deste tema numa perspectiva sociológica da condição humana nos presídios inserida no campo de debate da Psicologia Social, uma vez que as prisões são locais de situações potencialmente problemáticas para os presos.

O sistema penitenciário tem o objetivo de prevenir que os presos pratiquem crimes novamente, ou seja, tem a função de ressocializar o indivíduo que comete um delito.A prevenção especial, objetiva retirar indivíduo que cometeu infração do convívio da sociedade. O fato de ter cometido o crime demonstra que o individuo é perigoso e que , portanto, necessita de uma (reeducação) ou (readaptação). Daí a imposição da pena, ou quando se trata de insanos, ébrios e viciados, da aplicação de medida de segurança para tratamento. Por outro lado, se o indivíduo não recebe as penas previstas na legislação pelos delitos que cometeu, ocorre o estímulo para novos crimes, pela certeza da impunidade. Prisão é definida como sendo (a perda da liberdade pessoal nos casos previstos em lei e por ordem de autoridade competente), cabe destacar que a prisão possui as seguintes denominações: cadeia, gaiola, cárcere, calabouço, bagnes( Francês) enxovia, masmorra, solitária , aljube (SOILBLEMAN & SOILBLEMAN, 1998). Segundo Jesus apud Santiago Neto (2001, p.1) ( pena é a sanção aflitiva imposta pelo Estado, mediante ação penal, ao autor de uma infração (penal), como retribuição de seu ato ilícito, consistente na diminuição de um bem jurídico, e cujo fim é evitar novos delitos). Conforme Magalhães (1998, p.48);
A realização desta investigação científica será elaborada a partir de uma pesquisa bibliográfica a fim de levantar informações sobre o tema em debate. O levantamento bibliográfico visa buscar em fontes documentais (documentos impressos e arquivos eletrônicos) informações relevantes para a elaboração deste estudo

Comparativo



Buscando subsídios para compreender e aprofundar o tema será realizada uma pesquisa de campo de duas penitenciárias brasileiras, sendo uma em Belo Horizonte (MG) e outra em Teresina (PI), a fim de comparar o tipo de trabalho que é feito com os apenas e quais os benéficos que representam para os mesmos. O instrumento de coleta de dados será um questionário semi-estruturado com 10 questões fechadas. O período de coleta de dados será entre 20 de setembro a 20 de outubro de 2010. Os dados serão coletados com funcionários, psicólogos e assistentes sociais que realizam trabalho em uma penitenciária de Belo Horizonte (MG) e de Teresina (PI). Após a coleta dos dados será realizada uma análise qualitativa das citações diretas dos entrevistados sobre os efeitos psicossocias do trabalho que é realizado em cada penitenciária. Posteriormente será utilizado o método comparativo para estudar as semelhanças e diferenças entre os resultados obtidos.

Outros Assuntos
DIREITO DE ALIMENTOS NO NOVO CODIGO CIVIL
754

Direito - DIREITO DE ALIMENTOS NO NOVO CODIGO CIVIL

Direito - Os alimentos existem por princípio legal de solidariedade, em razão do parentesco direto entre alimentante e alimentário.

ACIDENTES DE TRABALHO ENVOLVENDO A EQUIPE DE ENFERMAGEM
781

Enfermagem - ACIDENTES DE TRABALHO ENVOLVENDO A EQUIPE DE ENFERMAGEM

Enfermagem - A evolução tecnológica tem aprimorado as relações do homem com as características do trabalho em diversos segmentos produtivos

A IMPORTÂNCIA DO USO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA A PREVENÇÃO DE INFECÇÃO HOSPITALAR
1243271

Enfermagem - A IMPORTÂNCIA DO USO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA A PREVENÇÃO DE INFECÇÃO HOSPITALAR

Enfermagem - Entre os riscos ocupacionais de Enfermagem se encontram os acidentes de trabalho, a contaminação do ambiente, a contaminação por contato direto, além de riscos causados por fatores químicos, físicos, biológicos, e ergonômicos

A DEFICIÊNCIA AUDITIVA E O DIREITO DE ACESSIBILIDADE
1093

Direito - A DEFICIÊNCIA AUDITIVA E O DIREITO DE ACESSIBILIDADE

Direito - Constituição prevê às pessoas com deficiência auditiva, assim como às demais pessoas com deficiência, direitos fundamentais e a garantia da saúde, do bem estar, da integração social.