Novidades?
Home / Blog / Administração / ADMINISTRAÇÃO, SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE

- ADMINISTRAÇÃO, SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE

ADMINISTRAÇÃO, SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE

A questão da sustentabilidade tem influenciado e, em alguns casos, tem mudado os conceitos do capitalismo e a cultura empresarial, pois no cenário atual, as empresas estão começando a trabalhar com a perspectiva de recursos limitados do planeta, assim tendo que modificar o tradicional modelo “extrair, produzir e descartar”.

Outro ponto relevante dessa questão é a mudança do perfil do consumidor, que hoje é mais exigente com relação aos produtos que serão consumidos: à forma como foi produzido, a idoneidade dos fornecedores e a não exploração da mão-de-obra. Esse conjunto são fatores de impacto direto na reputação da marca, na imagem das companhias e, sobretudo, na forma de produção.

As empresas, por sua vez, estão preocupadas em atender a esse novo conceito para que num futuro próximo a sustentabilidade consiga manter seu nível de competitividade e o meio ambiente consiga ser considerado equilibrado, de modo que forneça a indústria o que ela realmente precisa para evolução de seus trabalhos, quando aos olhos de seus clientes ela será uma empresa politicamente correta.

Com isso, percebe-se que a falta de adaptação à sustentabilidade e as preocupações ambientais pode futuramente comprometer a competitividade das indústrias em diversos setores. A conscientização mundial para esse problema já se destaca pelas iniciativas das empresas em desenvolver e implantar novas técnicas de processamento que sejam inovadoras e ecologicamente sustentáveis.

Por esse motivo, esse estudo vem demonstrar que administração, sociedade e meio ambiente andam juntos em prol de uma empresa mais competitiva e lucrativa, de uma sociedade mais justa e humana e de um meio ambiente mais equilibrado e sadio. Onde todos os setores saem ganhando e o futuro passa a ser visto com outros olhos, mais comprometido uns com os outros e ambos com o ambiente.
Atualmente as empresas precisam ir além do que simplesmente administrar, precisa estar constantemente preocupado com as questões sociais e ambientais a sua volta, principalmente pelo fato de este compromisso com a sociedade e com o meio ambiente, serem considerado uma vantagem competitiva relevante para o crescimento da empresa e o desenvolvimento do País. A responsabilidade socioambiental está envolta as necessidades de valorização de pessoal, onde o papel da empresa frente a essa questão está voltado também as preocupações com um meio ambiente equilibrado e saudável, com o melhoramento da qualidade de vida e também com as ações sociais. Atualmente, se as empresas não têm essa visão, é provável que não exerçam um bom papel diante da sociedade e conseqüentemente perante seus clientes e consumidores.

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL



Não somente as empresas, mas toda a sociedade podem se envolver em projetos que defendam a prevenção ambiental e que concretizem uma real conscientização humana, sobre os problemas naturais e o envolvimento do seres humanos, nesses acontecimentos.

Algumas dessas providências podem ser obtidas através de idéias, dispostas no 1º Seminário Brasileiro sobre Catástrofes Naturais e Antropogênicas realizado em dezembro de 2009, conforme se pode observar abaixo:

(1) Reforçar a necessidade da educação ambiental e da conscientização com vistas à aplicação continuada de seus ensinamentos e conceitos pela sociedade.
(2) Providenciar campanhas de orientação à população quanto aos riscos e inconvenientes da ocupação de áreas impróprias.
(3) Mobilizar instituições de ensino, órgãos públicos e organizações privadas no sentido de que promovam estudos permanentes sobre catástrofes, inclusive no tocante a possíveis causas e mudanças climáticas.

Mas mais do que isso, os seres humanos podem colaborar com atitudes próprias, dando ênfase à frase de que (se cada um fizer a sua parte, chegará um momento em que todos estarão unidos na conquista do objetivo).

As empresas precisam adaptar-se a gestão ambiental, prevista na legislação brasileira, não apenas pro interesses lucrativos ou por (obrigação), mas pro interesses próprios com a própria organização, a sociedade e o meio ambiente.

Outros Assuntos
A IMPORTÂNCIA DO USO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA A PREVENÇÃO DE INFECÇÃO HOSPITALAR
9

Enfermagem - A IMPORTÂNCIA DO USO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA A PREVENÇÃO DE INFECÇÃO HOSPITALAR

Enfermagem - Entre os riscos ocupacionais de Enfermagem se encontram os acidentes de trabalho, a contaminação do ambiente, a contaminação por contato direto, além de riscos causados por fatores químicos, físicos, biológicos, e ergonômicos

A DEFICIÊNCIA AUDITIVA E O DIREITO DE ACESSIBILIDADE
13

Direito - A DEFICIÊNCIA AUDITIVA E O DIREITO DE ACESSIBILIDADE

Direito - Constituição prevê às pessoas com deficiência auditiva, assim como às demais pessoas com deficiência, direitos fundamentais e a garantia da saúde, do bem estar, da integração social.

O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO
13

Psicologia - O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO

Psicologia - O objeto é estabelecer uma comparação dos efeitos psicossociais do trabalho que é realizado nas penitenciárias brasileiras

EJA METODOLOGIAS DE ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA MATEMÁTICA
44

Pedagogia - EJA METODOLOGIAS DE ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA MATEMÁTICA

Pedagogia - A história da Educação de Jovens e Adultos foi marcada por constantes fatos que permitiram o desenvolvimento das propostas pedagógicas voltadas para esta modalidade de ensino