Novidades?
Home / Blog / Enfermagem / A IMPORTANCIA DA CONSULTA DE ENFERMAGEM PARA RENAL CRÔNICO

- A IMPORTANCIA DA CONSULTA DE ENFERMAGEM PARA RENAL CRÔNICO

A IMPORTANCIA DA CONSULTA DE ENFERMAGEM PARA RENAL CRÔNICO

A insuficiência renal crônica (IRC) é a perda gradual e irreversível da função renal, que conduz ao desequilíbrio da homeostase. Na fase terminal, predominam os sintomas e sinais de uremia, indicando a necessidade de uma terapia substitutiva na forma de diálise peritoneal, hemodiálise, ou corretiva, transplante renal. Desta forma a enfermagem desempenha um papel importante, pois desenvolve atividades educativas junto ao paciente, principalmente, relativas ao auto-cuidado, com o objetivo de conduzi-lo à sua independência. Este trabalho teve como objetivo principal analisar as questões vividas por pacientes que sofreram a terapia de substituição da função renal por hemodiálise e um transplante renal. A metodologia utilizada foi uma abordagem exploratória, qualitativa, descritiva, através da historia oral de portadores de doença renal final, com a finalidade de descrever as experiências e sentimentos desses indivíduos sobre a doença, a hemodiálise, o transplante e a volta (ou a possível volta) a diálise.

Conclui-se que a hemodiálise, apesar de possibilitar a melhora do quadro, traz consigo o estigma da obrigatoriedade. Ficou clara a dificuldade de ser um paciente renal crônico em vários aspectos da vida. É de extrema importância a atuação constante de profissionais de enfermagem sensíveis e dispostos a trabalhar em prol do paciente, sensibilizando os profissionais que trabalham esse tipo de clientela; Também se constatou ser fundamental a multidisciplinaridade; o transplante bem sucedido realmente é o melhor tratamento de substituição da função renal, porém o medo é uma constante, pois a cada dia há a expectativa do tempo que durará o enxerto, o temor de morrer, de voltar para diálise.

A insuficiência renal crônica (IRC) é um estado clínico patológico caracterizado por ser a via final comum de múltiplas doenças renais, já sejam primárias ou secundárias, que produzem uma deterioração lenta e progressiva da capacidade da função renal por causa de uma lesão estrutural renal irreversível presente durante um período longo de tempo .

É bom salientar que, estes pacientes em diálise crônica, sofrem de maneira inevitável uma diminuição do bem-estar geral, devido em parte à anemia, que constitui um fator importante na morbi-mortalidade dos pacientes urêmicos.

De acordo com Guyton (1989), a insuficiência renal consiste na perda total ou parcial da função renal. Pode ocorrer de forma aguda ou bem crônica. A função principal do rim consiste em "filtrar" o sangue de produtos finais do metabolismo e em regular o volume de líquidos corporais. Implica uma alteração na regulação do meio interno, principalmente com retenção de líquidos e minerais, e um acúmulo de produtos de refugo (uréia, creatinina, ácido úrico). Os produtos nitrogenados derivam principalmente do metabolismo das proteínas .

O Diabetes Mellitus é considerado sério problema de saúde pública, tendo em vista a freqüência de seu acometimento e as complicações decorrentes comprometerem a produtividade, a qualidade de vida e a sobrevida dos indivíduos, além de envolverem altos custos no tratamento de suas eventuais complicações.

Porque o diabetes mellitus pode levar pacientes a desenvolverem insuficiência renal? Qual a melhor forma de tratamento para pessoas idosas? Esta pesquisa fará um estudo do portador do Diabetes Mellitus tipo II, mostrando desde o histórico da doença até os medicamentos mais eficazes no seu controle na atualidade para pacientes portadores de insuficiência renal.




Outros Assuntos
A IMPORTÂNCIA DO USO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA A PREVENÇÃO DE INFECÇÃO HOSPITALAR
129

Enfermagem - A IMPORTÂNCIA DO USO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA A PREVENÇÃO DE INFECÇÃO HOSPITALAR

Enfermagem - Entre os riscos ocupacionais de Enfermagem se encontram os acidentes de trabalho, a contaminação do ambiente, a contaminação por contato direto, além de riscos causados por fatores químicos, físicos, biológicos, e ergonômicos

A DEFICIÊNCIA AUDITIVA E O DIREITO DE ACESSIBILIDADE
88

Direito - A DEFICIÊNCIA AUDITIVA E O DIREITO DE ACESSIBILIDADE

Direito - Constituição prevê às pessoas com deficiência auditiva, assim como às demais pessoas com deficiência, direitos fundamentais e a garantia da saúde, do bem estar, da integração social.

O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO
71

Psicologia - O-TRABALHO-NO-SISTEMA-PENITENCIARIO-UM-ESTUDO-COMPARATIVO

Psicologia - O objeto é estabelecer uma comparação dos efeitos psicossociais do trabalho que é realizado nas penitenciárias brasileiras

EJA METODOLOGIAS DE ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA MATEMÁTICA
106

Pedagogia - EJA METODOLOGIAS DE ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA MATEMÁTICA

Pedagogia - A história da Educação de Jovens e Adultos foi marcada por constantes fatos que permitiram o desenvolvimento das propostas pedagógicas voltadas para esta modalidade de ensino